“O PULO” – Centro de Atendimento Familiar e Aconselhamento Parental

Com o projecto " Apoio às Famílias – O PULO", conseguiu-se em 1997 uma experiência piloto lançada pela Associação Cultural Moinho da Juventude no Bairro do Alto da Cova da Moura, criando e adaptando o material elaborado pela Faculdade de Ciências de Educação de Utrecht (Países Baixos) para a realidade portuguesa (fichas técnicas para os Pais de Bairro e fichas para os pais/família com crianças entre 2 e 5 anos) e formando um grupo de Pais de Bairro, agentes de educação familiar, considerando-se, na altura, fundamental e prioritário dar continuidade do trabalho efectuado.
O Centro de Atendimento Familiar e Aconselhamento Parental – “O PULO” existe desde 2004.
O PULO é constituído por um psicólogo, duas coordenadoras e quatro Mães de Bairro, que em regime de trabalho domiciliário semanal, com base num conjunto de documentação, fichas técnicas e a utilização de material didáctico: jogos e livros seleccionados, adequado às idades de 2-6anos, dinamizam nesse horário uma sessão conjunta com as crianças e respectivas famílias, trabalhando assim a formação parental. Este trabalho tem como objectivo o desenvolvimento da linguagem, a estimulação sensorial, o desenvolvimento de conceitos básicos de aprendizagem, a promoção da responsabilidade parental é uma preocupação constante no trabalho desenvolvido pelos Pais de Bairro com cada criança e respectiva família, procurando-se estimular nesta, o hábito de desenvolver um trabalho quotidiano com os seus filhos.

1. Fortalecer a relação Pais/Filho/Comunidade

• Fortalecer a relação Pais/Filhos, estimulando a participação activa e contínua do crescimento afectivo e intelectual, enquadrado numa abordagem contextual.
• Reforçar as “forças” da família e as suas características culturais
• Promover o “Empowerment” individual, familiar e comunitário
• Envolver os participantes no desenvolvimento da sua comunidade

2. Prevenir o insucesso escolar atacando as causas na sua raiz

• Estimular o gosto pela aprendizagem na criança, trabalhando sistematicamente as suas potencialidades
• Sensibilizar e estimular a família para o seu envolvimento no crescimento da criança, trabalhando a importância da sua atitude responsável, a importância dos Jardins-de-infância e Escolas e o papel do educador junto das Instituições

3. Revelar que a brincar se pode ensinar e aprender • Estimular a aprendizagem na criança

• Sensibilizar e estimular a família para a descoberta do sentido pedagógico dos jogos e brincadeiras das crianças

4. Criar Serviços de Proximidade valorizando o trabalho dos “Pais/Mães de Bairro”

• Formar um grupo de paratécnicos que dão resposta a uma necessidade da comunidade
• Reconhecimento institucional do papel dos/das “Pais/Mães de Bairro”

Objectivos Gerais

Objectivos Específicos