Creche "A Árvore"

 

A creche "A Árvore", inaugurada e em funcionamento desde 5 de Maio de 2003, surgiu a partir
da necessidade sentida pela comunidade do Bairro da Cova da Moura. No quadro do projecto "Interligar" do Programa da Luta contra a Pobreza, contando com a sinergia dos parceiros, em especial o Centro Regional de Segurança Social da Amadora e a Câmara Municipal da Amadora,
foi possível a criação desta infra-estrutura.

No dia 1 de Dezembro de 2004 foi assinado o acordo entre a Segurança Social e o Moinho.

 

Funcionamento

§A Equipa

§3 educadores de infância

§10 auxiliares de acção educativa

§Apoio das cozinheiras, da equipa de limpeza e do secretariado

§Estrutura

1. Atendimento de um total de 60 crianças todos os dias úteis, das 6h às 20h

2. Organização em 4 salas:

§Sala do Limoeiro – 8 crianças dos 4 aos 12 meses

§Sala da Laranjeira – 16 crianças dos 12 aos 24 meses

§Sala da Macieira – 18 crianças dos 24 aos 36 meses

§Sala do Dragoeiro – 18 crianças dos 24 aos 36 meses

 

 

Actuação

Os três primeiros anos de vida da criança são cruciais para o seu desenvolvimento global e irão determinar as suas capacidades de adaptação e de aprendizagem, a forma como irá enfrentar
os problemas da vida, em suma, a sua capacidade para ser feliz.

Desde o nascimento, os bebés precisam de ouvir sons e vozes humanas, e devem tocar e mexer nas pessoas e nas coisas.

As crianças aprendem se tiverem interesse por aquilo que as rodeia. E terão tanto mais interesse quanto mais forem amadas e lhes forem proporcionadas situações em que possam brincar e relacionar-se com os outros, em tranquilidade e segurança.

A creche "A Árvore" é um serviço para as crianças, um espaço em que estas podem descobrir a comunidade envolvente, sentindo e compreendendo as suas características e potencialidades.

É finalidade facilitar a inserção das crianças nas sociedades portuguesa e universal, sem perda
da sua identidade cultural.

 

 

Objectivos Gerais

 

§Objectivos enfocados na criança

vCriar um ambiente acolhedor e de seguro

vPromover o desenvolvimento pessoal e socio-afectivo com base em experiências de vida democrática numa perspectiva de educação para a cidadania

vPromover a autonomia, nomeadamente através de noções e hábitos de higiene

vPromover o desenvolvimento psico-motor: visão, orientação espacial, motricidade, audição
e linguagem

vPromover o contacto com a natureza

vPromover uma sensibilização para a arte e a criatividade

vIdentificar precocemente dificuldades de aprendizagem e fazer o devido encaminhamento

§Objectivos focados na família e comunidade

ØDar a conhecer à comunidade o contexto educativo da creche

ØIncluir pais, familiares e a comunidade na dinâmica da creche e no processo pedagógico, estreitando relações e criando hábitos de diálogo, intervenção e participação

ØDesenvolver a autoconfiança e a auto-estima de todos os intervenientes no processo

 

Princípios e valores

  • Valorização da cultura de origem
  • Interligação e inclusão
  • Empowerment
  • Desenvolvimento das capacidades e potencialidades das crianças, familiares, equipa
    da creche e comunidade
  • Ligação entre o trabalho educativo na creche e as várias componentes da vida
  • Avaliação contínua do processo educativo

 

Estratégias

Trabalho com as crianças

§Organização de uma rotina diária de acordo com a idade e características de cada grupo

§Realização de um conjunto variado de actividades, incluindo:

ØSessões de movimento

ØActividades plásticas (pinturas, colagens, rasgagem, modelagem)

ØActividades dramáticas (dramatizações, imitação, fantoches, sombras chinesas, exploração
de sons e histórias)

ØActividades lúdicas (brincadeiras livres na sala e no exterior)

ØActividades sensoriais (sons, cheiros, sabores, texturas)

ØActividades no jardim e na casinha dos animais

ØPasseios e visitas de estudo, organizados com outras valências de ensino da ACMJ e outros parceiros externos

Envolvimento de pais e famílias

§Reuniões de pais e de sensibilização sobre o trabalho realizado na creche

§Acção de formação para a família

§Propostas de actividades para os pais

Desenvolvimento dos profissionais da creche

§Reuniões e acções de formação

 

A Formação como trave mestra

Metade das auxiliares de acção educativa participou num curso EFA, que para além de facultar a formação técnica, proporciona o certificado do 9º ano.

Mensalmente, a equipa da creche reúne-se para reflectir sobre o seu trabalho e para planear as intervenções do mês seguinte.

Em conjunto, com os colaboradores dos outros núcleos do Moinho, organizam acções de
formação específicas, abordando temas como "comunicação, constelação familiar e organizacional, novos jogos didácticos, a prevenção da violência e a igualdade de
oportunidades.

 

Um Serviço de Proximidade, que aposta na solidariedade

Num levantamento feito em 2001 pelo Moinho da Juventude no Bairro do Alto da Cova da
Moura constatou-se que, para responder às necessidades dos pais, surgiram à volta de 18
lugares de acolhimento de crianças, no bairro, sem qualquer reconhecimento oficial, dando
apoio a 250 crianças. As respostas encontradas pela comunidade para suprir as suas
carências eram as únicas de que dispunha uma população jovem e activa.

A creche "A Árvore" é um passo na criação dum Serviço de Proximidade reconhecido, que
vai dando prioridade às famílias com mais dificuldades/problemas.

 

Envolvimento dos familiares e da comunidade

A equipa de "A Árvore" aposta no envolvimento dos familiares e da comunidade na creche.
Troca de informações, preocupações, achegas, disponibilização de competências, e
valorização da cultura estimulam o crescimento das crianças.

 

 

A interligação com a natureza

Investiu-se no planeamento de um jardim e na construção de duas pequenas casas para
animais. Este investimento pretende operacionalizar a "Teoria de Interligação": reforçar
a ligação com a natureza, o acompanhamento pelas crianças do ciclo de vida.

 

Gender

Aposta-se na divisão de tarefas entre homens e mulheres. Conseguiu-se a contratação de
mulheres e homens como responsáveis da creche.