• Batuque Finka Pé
COP_JOOMLA

Intercâmbio Trilateral Bélgica/Holanda/Portugal na Bélgica

A "participação activa" dos jovens do Moinho implicou algum esforço inicial, porque, no início, pensavam que apenas iam à Bélgica, pagavam algum dinheiro e pronto. Os jovens tiveram de trabalhar em Workshop sobre temas específicos, e em equipa.

Cada jovem teve uma tarefa específica a nível da preparação e durante o intercâmbio. Todos sabiam qual o seu papel e estavam conscientes das suas obrigações e das regras.

Realizaram-se jogos de concentração, cooperação e confiança com o apoio dos responsáveis e de um "expert".

O trabalho que fizeram está guardado como documento de consulta para eles e outros jovens da Associação.

O grupo desenvolveu diversas actividades em conjunto, havendo partilhas de responsabilidades.

 

As actividades desenvolvidas:

Trabalhos de grupo:

ØPesquisa via Internet ou na biblioteca sobre as actividades dos tempos livres dos Jovens do Moinho da Juventude, e sobre jovens com poder económico e a oferta existente nesta área, recolha de testemunhos de Jovens sobre os tempos livres. Participação na organização e execução de actividades de tempos livres para jovens mais novos. Na semana anterior à viagem cada jovem fez uma carta sobre o que sabia da ocupação dos tempos livre dos jovens da Bélgica e Holanda. Isto serviu de avaliação após a viagem.

ØDebate sobre a Droga e o tráfico de Droga no Bairro.

ØOs jovens prepararam as actividades trabalhando em equipa, embora houvesse elementos que tentaram escapar às tarefas mais árduas nomeadamente relatórios das actividades, limpezas dos locais utilizados e presença contínua. Houve momentos em que a responsável fez exigências, mas a maioria das vezes foram os colegas de equipa a chamar a atenção.

Angariação de fundos para a viagem através de matinés, organização de jantares.

A angariação de fundos deveu-se ao facto dos jovens estarem a estudar (2), a trabalharem em empregos precários (2), à procura de orientação profissional (2) e um num curso profissional.

 

Preparação dos responsáveis/Parceiros

Os responsáveis realizaram reuniões quinzenais de preparação, dos temas e avaliação do trabalho que se estava a desenvolver. Também foi necessário realizar esforços para a documentação para um dos jovens, mas que infelizmente tinha o Cartão de Residência caducada há mais de 4 anos e o SEF negou a emissão em menos de 3 meses.

Os responsáveis comunicaram-se mensalmente, embora na última semana mais insistentemente.

A visita antecipada de planeamento durante dois dias permitiu conhecermo-nos pessoalmente e trocar informações sobre:

vParticipantes

vAs actividades de preparação

vAlojamento, Detalhes da viagem, Alimentação

vPara que em conjunto pudéssemos decidir sobre:

vO Programa e as metodologias a utilizar

vRegras

vDivisão de tarefas

vAvaliação

Notícias

Cultura